A adversidade é uma condição da vida. Todos nós, em diferentes níveis e em diferentes situações lidamos com a adversidade, desde um grau reduzido, como por exemplo, em tenra idade não termos altura suficiente para alcançarmos o que desejamos, a graus mais elevados, como por exemplo, enfrentar dificuldades financeiras, ou uma doença terrível. A adversidade está em toda a parte. Todas as pessoas têm dificuldades para superar e problemas para resolver  num determinado momento ou período da sua vida. Nunca sabemos quando um evento inesperado vai acontecer. E, sobretudo quando esses momentos ruins ocorrem, pode ser difícil mantermo-nos otimistas.

ENTENDER A ADVERSIDADE

Quando as dificuldades acontecem, num primeiro momento podemos ter um impulso para pensar de forma negativa, até aqui tudo bem. No entanto, à medida que os dias vão passando e as dificuldades não diminuem, o pessimismo pode começar a assombrar-nos a vida. E, quando isso acontece, para além da própria adversidade acrescentamos um outro problema, que é o pensamento derrotista. Instala-se dessa forma um duplo problema que a pessoa passa a ter de lidar. O duplo problema construído pela adversidade e pela própria forma que a pessoa passou a pensar, cria uma desvantagem de enfrentamento do problema original. Perante este cenário o que pode ser feito?

Uma estratégia bastante benéfica é olhar para a natureza da adversidade e tentar entendê-la. Como referi anteriormente, todos nós temos obstáculos  e problemas que nos desafiam e necessitam de ser superados. Certamente cada um de nós pretende ter uma vida melhor, mas muitas das vezes é mais difícil do que esperamos. Arrisco a dizer que você também experienciou situações inesperadas que teve de enfrentar e lidar com grande custo e pesar. Essa é a natureza da adversidade. É uma parte inevitável da vida que nos acontece inesperadamente e que é vantajoso saber aceitar. Afinal, isso não acontece só com você, acontece com todos. Mesmo aquelas pessoas que tiveram muito sucesso passam por dias ruins.

Quando você aprender a aceitar a adversidade como uma parte natural da vida, você começa a trabalhar melhor com as adversidades que possam surgir, impedindo que o pensamento pessimista se instale e consequentemente fica melhor preparado para lidar com a situação problemática. Podemos considerar o processo de aceitação como o primeiro passo a ser dado para que consiga manter-se otimista. No entanto, é necessário que o processo seja reforçado com outras estratégias que irão promover o seu pensamento otimista.

mulherfeliz

Em seguida apresento quatro estratégias que irão ajudá-lo a manter-se otimista perante a adversidade:

1. DÊ UM TEMPO PARA SE ACALMAR

A tendência comum em reação à adversidade, é a irritação, que pode conduzir à angústia seguida de desespero. Expressar a raiva e a frustração, numa primeira fase até pode ser benéfico (desde que não prejudique ninguém). Mas, passado pouco tempo, eventualmente, você tem que superar a raiva e olhar para a situação que tem entre mãos. Na grande maioria das situação o que aconteceu não pode ser alterado, de modo que importa aprender a aceitar isso. Se você não se acalmar, se você não conseguir restabelecer o seu equilíbrio emocional face às adversidades da vida, as probabilidades do pessimismo vir a instalar-se aumentam drasticamente.  E isso pode levar ao ressentimento.

 2. RECUPERE E REFORCE O SEU ÂNIMO

Na presença da adversidade, também existe o impulso para a pessoa emergir em toda a negatividade vivida pelo momento crítico. A pessoa pode gerar a ideia que não existe espaço para mais nada a não ser sofrer com o que está acontecendo. É importante que a pessoa entenda, que pelo fato de dedicar a sua atenção a outros assuntos, ou a outras coisas, por algum tempo, não tem de sentir-se mal por isso. Pelo contrário, é benéfico que possa fazê-lo. Isso irá certamente permitir continuar a levar a sua vida para a frente e a não colocar em “perigo” as restantes áreas fora do problema.

Fazer algo para recuperar o ânimo, não tem de ser olhado como algo que não deve acontecer. Pelo contrário, a pessoa deve investir algum do seu tempo a recuperar as suas energias e bem-estar. Pode ser algo simples, como ir ver um filme ou sair com os amigos. Apenas certifique-se que é interessante o bastante para permitir libertar temporariamente a sua mente para fora do que está acontecendo. Isso não significa ignorar o problema na esperança de que irá embora. Você deve sempre trabalhar nos seus problemas ou situações incómodas. É mais sobre encontrar um espaço para recuperar as suas energias para evitar afundar-se.

Ebook – Como Mudar Sua Vida para Melhor

3. VISUALIZE UM FUTURO MAIS PROMETEDOR

Quando você está lidando com a adversidade, pode ser fácil pensar que isso nunca vai acabar. Pode instalar-se o pensamento catastrófico que o seu mal estar irá ser permanente, e com isso perspetivar um futuro em que não consegue ver mais nada a não ser maus momentos. Se refletir um pouco sobre esta ideia, provavelmente conseguirá concordar que ninguém consegue prever o futuro com total exatidão. E, se assim é, deixa aberta a possibilidade de acontecer algo melhor do que aquilo que pode estar a julgar vir a acontecer. Por esta razão é que é importante visualizar um cenário em que podem vir a acontecer coisas boas, de acordo com os seus desejos.

Para aprofundar o assunto, leia: Visualize o que deseja alcançar.

Concentre-se nas coisas boas que você tem à sua frente e que ainda consegue fazer ou tem intenção de vir a realizar. Há sempre algo de bom que você pode pensar para o seu futuro se olhar de forma construtiva e otimista. Nem todo o futuro é mau. Ter esperança de que as coisas boas vão finalmente começar a acontecer de novo, e fazer por isso, é certamente vantajoso. O seu otimismo, suportado pela sua vontade de superar a adversidade vai ajudar a reunir forças para construir um futuro melhor. Sem uma perspetiva otimista, as coisas tornam-se muito mais difíceis.

4. PENSE NA ADVERSIDADE COMO UMA CONDIÇÃO DA VIDA

Quase tudo na vida é ciclico. A adversidade não foge a esta tendência. As coisas podem estar indo bem, e de um momento para o outro, algo ruim acontece. Novos problemas apresentam-se de forma inesperada. O lado bom, é que existe também o reverso da medalha, as coisas boas, por vezes, também acontecem inesperadamente. Se tudo é cíclico, então os momentos ruins que você possa estar a passar acabarão por ser seguidos por bons momentos. É apenas uma questão de trabalhar em não deixar-se abater demasiado com a adversidade que enfrenta, a fim de chegar posteriormente aos bons momentos.

PERMANEÇA OTIMISTA

Quando a adversidade bate à porta, não há problema em sentir-se mal por um tempo, desde que você não perca o seu otimismo. Mesmo sentindo-se mal, é imperativo que tome ações que possam minimizar o sucedido e promovam o retorno do seu bem-estar e significado de vida. Continue otimista de que as coisas serão melhores, aja de acordo com essa crença, e em breve, certamente você vai descobrir que o retorno positivo acontecerá.

Abraço