O número de pessoas que sofrem de transtornos de ansiedade, ataques de pânico e depressão está atingindo proporções epidémicas. As pessoas estão procurando ajuda por diversos meios, mas muitas pessoas sentem-se desconfortáveis ​​em consultar um terapeuta ou psicólogo na sua comunidade local, ou por motivos de incompatibilidades de horário, distância ou falta de tempo. Na atualidade a Internet oferece às pessoas a oportunidade de obterem a ajuda que precisam, mas na privacidade da sua própria casa, e à distância de um clic.

A Terapia Online está a tornar-se cada vez mais popular como uma primeira escolha para aprender a aliviar a ansiedade, algumas formas de depressão, stress emocional, problemas de relacionamento ou problemas pessoais.

Agora, com a maravilha tecnológica do Skype, as pessoas podem manter uma conversa  cara-a-cara e levar a cabo uma sessão de terapia de aconselhamento com um psicólogo, como se estivessem no consultório do mesmo. Pode ter acesso a Consultas de Psicologia Online, aqui mesmo na Escola Psicologia.

consultas psicologia

ABORDAGENS TERAPÊUTICAS

Há, naturalmente, algumas formas de psicoterapia que podem não funcionar tão bem no formato online, mas para as terapias cognitivas, tais como a Terapia Cognitivo-Comportamental (TCC) e a Terapia  Cognitivo-comportamental com base na Mindfulness e Aceitação, o formato de vídeo online é excelente. Na minha experiência, existem ainda alguns benefícios acrescidos, porque os clientes sentem-se muito mais confortáveis ​​com a consulta a desenrolar-se a partir de sua casa. Para os clientes que sofrem de agorafobia e ansiedade social, este formato tem vantagens óbvias e muito significativas.

TERAPIA COGNITIVO COMPORTAMENTAL COM BASE NA MINDFULNESS E ACEITAÇÃO

Durante as sessões de Terapia com base na Mindfulness e Aceitação, os clientes aprendem a formar um relacionamento estável não reativo com as suas emoções. Isso é chamado de Relacionamento com base na Atenção Plena (Mindfulness), ou “alinhado” com as nossas emoções. O nosso hábito comum, é claro, não é estar “alinhado” com a nossa dor, mas sim, evitá-la ou fugir-lhe, ou de resistir-lhe  e tentar suprimi-la. Esta é uma resposta condicionada, uma reação instintiva biológica de luta ou fuga, que faz parte da nossa composição biológica. Essa reação primitiva podia ser muito útil aos nossos antepassados para evitar um ataque físico de animais selvagens, mas este tipo de reação condicionada, na atualidade, na grande maioria das vezes não nos ajuda a processar de forma adequada a informação e a resolver o nosso sofrimento emocional.

Na verdade, nos casos de ansiedade o evitamento ou fuga às situações indutoras de mal estar e angústia, é provavelmente a pior coisa que podemos fazer. A resistência ou aversão também é geralmente muito ineficaz e realmente alimenta o problema. A verdade, é que qualquer forma de reatividade simplesmente piora o problema, fazendo com que a emoção não resolvida promova comportamentos inadequados e negativos, contribuindo para uma estrutura mental negativista. Esta rigidez mental e consequente falta de flexibilidade de pensamento, promovem comportamentos resistentes à mudança dificultando a melhoria.

Psicologia, e mais particularmente a vertente da psicologia positiva, lança um novo olhar sobre os transtornos psicológicos  e problemas psicológicos, suportando-se numa visão construtiva dos aspetos positivos que todos nós possuímos, das nossas virtude e forças de caráter, e que estas nos podem auxiliar na construção de pensamentos, comportamentos e atitudes favoráveis à resolução do problema e consequente melhoria.

A MELHORIA É POSSÍVEL

Se você tem dificuldade em melhorar as suas emoções negativas, que o colocam num estado confuso, com falta de clareza de raciocínio, que recorrentemente continuam a gerar sofrimento interior e ansiedade, que por sua vez geram reações inadequadas, disfuncionais e atrapalham-lhe o seu dia a dia, quero dizer-lhe que é possível melhorar, é possível resolver o seu problema. A constante vivência de sentimentos que atrapalham a obtenção dos seus objetivos, nomeadamente o bem estar e a felicidade, podem fazer você entrar numa espiral comportamental negativa, correndo o risco de uma propagação crescente. Para reverter este processo a seu favor, é preciso vontade e coragem para melhorar. O mais extraordinário é que isso está ao seu alcance. É importante conseguir reconhecer, aceitar e compreender o seu problema, para que possa deixar de evitar e de resistir à ideia de se ajudar, procurando ajuda.

A ABORDAGEM É EFICAZ PORQUÊ?

O objetivo central  não é tentar eliminar a ansiedade ou dor emocional, mas levar a pessoa a aprender a experienciar isso exatamente da mesma maneira que uma emoção positiva. No programa de tratamento ou terapia, cria-se um espaço seguro para que a emoção possa ser expressa, sem que seja interpretada como o fim do mundo. Aumenta-se a consciência dos valores das emoções (positivas e negativas) permitindo que elas existam de forma natural, treinando a pessoa a não ser tão reativa e a não oprimir-se pela ansiedade. Mindfulness, é simplesmente o processo de aprender a estar presente, isto é, a experienciar a emoção sem julgamento. A pessoa aprende a estar na presença da emoção, a sentir as transformações no espaço interior da sua consciência, no fundo aprende a estar com a emoção, observando e aprendendo sobre a emoção. Aprendendo desta forma a saber lidar melhor com as suas emoções e que estas deixem de atrapalhar e possam contribuir para um melhor bem estar e satisfação de vida.

Em suma, precisamos tornar-nos alinhados com o nosso sofrimento interior. Esta qualidade de amistosidade interior é cultivada quando estabelecemos uma relação de aceitação das nossas emoções, e isso catalisa as mudanças necessárias para a melhoria ou resolução do problema. Acredito que com um programa terapêutico estruturado, os problemas associados à ansiedade podem ser melhorados e resolvidos satisfatoriamente, restituindo o equilíbrio de vida à pessoa que sofre. E isto, você tem acesso na Escola Psicologia.

Para uma informação mais pormenorizada, leia o artigo: Consultas de psicologia online, um passo rumo à mudança. Se pretende a marcação de uma consulta, diriga-se à nossa página de Consultas de Psicologia Online

A sua ajuda à distância de um clique!

Marcar Consulta

Abraço