Sempre que falo com atletas e treinadores, pergunto-lhes o quão importante é a mente para o sucesso no desporto. Com poucas exceções, a resposta é que a mente é tão ou mais importante do que o lado físico e técnico do desporto. Eu sou obviamente inclinado a afirmar a grande importância da preparação psicológica para a melhoria da performance no desporto, dado o meu trabalho na preparação mental de atletas. Sou defensor acérrimo que a mente é uma peça essencial do quebra-cabeças do máximo rendimento desportivo.

Se considerarmos os dez melhores atletas, masculinos ou femininos em qualquer desporto, será que são todos dotados de enorme talento? Sim. Estão todos em condições físicas excecionais? Sim. Todos eles são tecnicamente sólidos? Sim. Todos eles têm o melhor equipamento? Sim. Então, no dia da competição o que separa os melhores de todos os outros competidores? Todos os fatores anteriormente abordado sendo iguais, o que nos resta como fator diferenciador é aquilo que ocorre nas suas mentes.

preparação mental no desporto

Preparação psicológica como diferenciador

Acrescento ainda que no esquema maior da vida, não será difícil argumentar que o lado mental do desporto é muito mais importante para alcançar resultados de excelência do que a aptidão física e as proezas técnicas, pelo menos para os jovens atletas. Porquê? Porque, realisticamente falando, relativamente poucos atletas alcançarão o topo do seu desporto, mesmo tendo talento físico excepcional. Mas, todas as atitudes, habilidades mentais e lições de vida que os atletas aprendem com o seu desporto, por exemplo, motivação, confiança, foco, perseverança, resiliência, a capacidade de lidar com a pressão, irá beneficiá-los em todos aspetos das suas vidas quando entram na idade adulta.

No entanto, quando pergunto a esses mesmos atletas e treinadores quanto tempo e energia são dedicados à preparação mental, eles indicam não muito e certamente não tanto quanto acreditam que valeria a pena.

Coloco a seguinte questão: Porque não é o treino mental tratado da mesma forma que o treino físico e técnico?

Felizmente, a psicologia do desporto já começa a ter uma presença significativa na maioria dos desportos. Psicólogos do desporto trabalham com muitos atletas profissionais e equipas, bem como equipas olímpicas. Eu e muitos outros psicólogos também trabalhamos com programas para jovens em muitos desportos, mas não tanto como seria necessário.

Certamente ainda levará algum tempo até que a preparação mental receba a mesma atenção que a suas contrapartes físicas e técnicas. Mas, à medida que o comprometimento com a competição fica mais exigente e a concorrência se torna mais difícil, desde o nível de desenvolvimento nos escalões jovens até à elite mundial, atletas e treinadores procurarão todas as oportunidades para ganhar a vantagem competitiva que separa o sucesso do fracasso.

À medida que os limites da condição física e técnica são alcançados, será natural e necessário aproveitar tudo o que a psicologia do desporto tem para oferecer aos atletas. Só então a preparação psicológica no desporto, por fim, se posicionará como parceira igual à preparação física e técnica, à medida que os atletas se esforçam para aproveitar todas as oportunidades para alcançar o sucesso na busca dos seus objetivos. Muitos atletas já estão a trilhar este caminho, mas muitos mais ainda estão longe de tirar benefício da preparação psicológica para a melhoria do seu rendimento desportivo.

Em seguida, apresento um vídeo em que abordo o tema dos benefícios da preparação psicológica para os atletas que pretendem alcançar o máximo rendimento desportivo:

Link do Vídeo: https://youtu.be/p-1mPVUt0Qw

Abraço,
Miguel Lucas