Algumas pessoas têm uma tendência interna para sentir emoções negativas, sem motivo aparente. Na posse desse sentimento, questionam-se acerca da razão de se sentirem desse jeito, ou o que pode estar de errado com elas. Na tentativa de encontrarem uma justificação, pode dar-se inicio a uma busca incessante dos motivos da sua negatividade. Nesse momento o ciclo da negatividade fica completo. O sentimento depressivo, deceção e autodesvalorização normalmente andam de mãos dadas com a negatividade, e torna-se muito difícil sair desse círculo vicioso.

Por exemplo: Quando um amigo consegue uma conquista profissional ou melhorou a sua vida pessoal, você até pode ficar feliz por ele, mas sente a negatividade a apoderar-se do seu ser porque compara as suas próprias realizações com as dele. Pode até desenvolver ciúmes, alimentando a raiva com pensamentos negativos e de autodesvalorização.

Todos nós sentimentos emoções negativas e com isso acionamos os pensamentos negativos na nossa mente, mas este processo só se torna em negatividade se agirmos de acordo com o que estamos a sentir e a pensar. Aquilo que importa ser feito é reduzir o diálogo interno negativo e substituir os pensamentos negativos por positivos. Deixe-me dizer-lhe como isso funciona:

Envolva-se com o pensamento positivo

Quando você está acostumado a pensar negativamente sobre cada situação que enfrenta na sua vida, é difícil de dizer: “Ok, eu vou começar a pensar positivamente a partir de agora.” Isso é impossível de você fazer se julgar que a “técnica” do pensamento positivo é simplesmente colocar a cabeça nas nuvens, não se permitindo ter pensamentos negativos e não ser afetado por qualquer mau pensamento ou emoção. Nada disso!

O pensamento positivo é tudo sobre fazer o que estiver ao seu alcance para tornar a sua vida melhor, promovendo ações construtivas e acreditando que coisas boas aconteçam no retorno do seu esforço. Tudo começa com uma mudança nas suas práticas de autoverbalizações (discurso interno).

Por exemplo, se alguns dos seus amigos não o convidarem para sair nas últimas semanas, você poderia pensar que eles esqueceram que você existe. Com a negatividade na sua mente, você pensaria: “Eles vão querer estar comigo quando precisarem de um favor, e eu vou pagar-lhe na mesma moeda para que me continuem a ignorar depois disso”. Com a positividade na sua mente, você poderia pensar: Devem andar muito ocupados nas suas vidas, vou pegar no telefone convidá-los a sair, esperando uma conversa agradável”. A autoverbalização positiva faz uma diferença enorme.

como ser mais positivo

Primeiro passo: observar e compreender os seus pensamentos

O primeiro passo para a cura emocional é a ganhar consciência do seu discurso interno. Se você não se tornar ciente dos seus pensamentos negativos, não pode trabalhar para a melhoria. Se nos tornamos mais conscientes da nossa maneira de pensar, podemos reconhecer as interpretações negativas e distorções do pensamento. Importa que você conheça os seus padrões negativos de pensamento automático.

Há algumas características de pensamentos negativos que nos permitem identificá-los:

  • Eles fazem-nos sentir mal sobre nós mesmos
  • Eles vêm inesperadamente
  • Eles parecem bastante realistas para nós, embora esses pensamentos geralmente estejam distorcidos pelo nosso próprio ego
  • Eles retiram-nos capacidade e ofuscam as nossas habilidades
  • Eles são catastróficos

Os pensamentos negativos geralmente aparecem rapidamente na mente, deixando-nos com sentimentos que carregamos sem estarmos plenamente conscientes de onde vieram. Se for esse o seu caso, e você fique sentindo-se ansioso ou triste, deve simplesmente verbalizar as emoções. “Qual a razão de estar estressado e triste? O pensamento causou esse sentimento? “Talvez você construa uma imagem mental que irá revelar as razões para o seu estado de ser. Pergunte a si mesmo: “O que isso significa para mim? Como eu vejo isso? É a minha percepção errada?” Ao identificar os pensamentos negativos automáticos, está ajudando a si mesmo a reduzir o seu impacto ao nível nível subconsciente.

Passo Dois: Substitua as autoverbalizações negativas incentivando-se

Esta é a parte mais difícil. Quando notar que o fluxo de pensamentos silenciosos na sua mente é negativo, você precisa mudar de canal. Embora o seu discurso interno possa parecer lógico, ele é baseado em equívocos afetados pelo seu ego. Você precisa fazer um esforço para questionar a sua negatividade para começar a pensar positivamente.

Em seguida apresento algumas dicas práticas para ajudá-lo:

1 – Pegue uma folha de papel e divida-a em duas colunas. Em seguida, anote os seus pontos fortes de um lado, e os seus pontos fracos, do outro. Faça isso o mais rápido possível, sem dar-lhe muita atenção. Então, observe essas colunas. Será que você anotou as coisas mais positivas sobre si mesmo, ou você focou-se no lado negativo? Se as observações negativas prevalecem, então pense que características mais positivas podem trazer equilíbrio à sua lista. Em seguida, escreva dez recursos mais positivos da sua personalidade. Pode ser difícil para uma pessoa com padrões elevados de negatividade fazer isso, mas não desista e continue procurando dentro de si. Você vai encontrar algumas coisas boas lá. Repita esse exercício no final de cada semana durante tantas semanas quanto achar necessário.

2 – Reconheça os pontos de mudança. Lembre-se da lista que completou no exercício anterior. Isso ensinou-lhe como prestar atenção às coisas boas e positivas de si mesmo. Isso não significa que você deve ignorar as coisas negativas que escreveu. Você escreveu que você era preguiçoso, sem ambição, sem inspiração, ou que é muito sarcástico? Todo mundo tem diferentes falhas, por isso é natural que você também tenha. No entanto, deve sempre ter em mente que pode mudar as coisas. Se perceber que algumas formas de você pensar e agir estiveram alimentando o pensamento negativo, trabalhe nelas. Mude-as.

3 – Acredite que coisas boas irão acontecer em retorno das suas novas ações de positividade. Elas irão acontecer. Quando você está fazendo o seu melhor para ter sucesso no seu trabalho ou das relações que tem, não há nenhuma razão para esperar o pior resultado. Mude o seu ponto de vista e tente manter uma imagem positiva do seu futuro.

Mensagem a reter: Não espere tornar-se um otimista de um dia para o outro. Estes exercícios vão certamente ajudar a torná-lo uma pessoa mais positiva e começar a enfrentar positivamente grande parte das situações difíceis da sua vida. No entanto, a viagem exige grandes esforços e vontade de ter sucesso. Você está pronto para fazê-lo?

Abraço,

Miguel Lucas